Isepol - Instituto Sephora de Ensino e Pesquisa de Orientação Lacaniana

Publicações

A CABEÇA DO BRASILEIRO NO DIVÃ


imagem-livro-cabeca-brasileiro

As interpretações psicanalíticas são sempre pontuais, não se prestam a generalizações. Freud, justamente, não se explica.
Costumamos dizer que nossa prática se dirige ao aspecto mais contingente, seja no campo da fala, do ato, dos laços e do sofrimento que se mistura com satisfação.
Costumamos nos confessar avessos aos universais seja no campo da ética, da política ou da subjetividade. Dizemos que o que nos orienta são os sintomas e a angústia.
Essas fórmulas são um pouco inadequadas quando se trata de justificar a ação do psicanalista em instituições públicas e privadas. Elas podem ser ainda mais inadequadas quando servem para justificar que se ofereça a escuta psicanalítica às populações que vivem nas aglomerações marginalizadas da cidade.

Tania Coelho dos Santos



Textos:

Abertura
Tania Coelho dos Santos

Uma leitura politicamente incorreta da subjetividade do brasileiro
Tania Coelho dos Santo

Desordem urbana e jeitinho brasileiro: que país é esse?
Lúcia Helena dos Santos Cunha

O jeitinho brasileiro: quando a criatura desafia o criador
Valéria Wanda da Silva Fonseca

Notas psicanalíticas: sociedade hierárquica, pobreza e assistência no Brasil
Maria Cristina da Cunha Antunes

Onde é que todo homem nasce livre e igual?
Marcela Decourt

Adotar ou tornar a parentalidade responsável?
Rosa Guedes Lopes

Desagregação familiar e delinquência
Rachel Gomes Amin Freitas

Educação, ilegalidade e violência: uma reflexão psicanalítica
Chistiane da Mota Zeitoune

O livro está a venda nas seguintes livrarias:

RENOVAR
www.editorarenovar.com.br

TRAVESSA
www.travessa.com.br

ARGUMENTO
www.livrariaargumento.com

LIVRARIA LITERA:
Rua Monte Líbano, 119 - Várzea,
Teresópolis (RJ)
Tel: 2643-3199